Lema para o ano de 2014: "O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus." Filipenses 4:19.

sábado, 18 de agosto de 2012

Mensagem de Amor em Sangue

NEle temos a redenção por meio de Seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça. Efésios 1:7

No início de 2005, ocorreu um terrível acidente de trem em Los Angeles, Estados Unidos. Certo homem, planejando se suicidar, parou em cima dos trilhos o veículo que dirigia. No último minuto, porém, mudou de ideia e abandonou o carro, fazendo com que o trem que se aproximava em alta velocidade batesse no veículo, descarrilasse e colidisse com outro trem que vinha na direção oposta. Onze pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas.

John Phipps trabalhava numa fábrica de peças aeroespaciais em Burbank. Normalmente não pegava o trem naquele horário, mas foi chamado para trabalhar mais cedo naquele dia. Phipps encontrou um assento vago na parte de cima do trem e pegou no sono. Acordou repentinamente com o violento solavanco da colisão. Sentiu um vapor incomum sobre o rosto e viu por toda parte fragmentos amassados do trem. Tocou a parte posterior da cabeça e as mãos ficaram cheias de sangue. Ele gritou pedindo ajuda, mas ninguém respondeu. Preso sob os escombros, começou a cantar: “Por que eu, Senhor?” e aguardou o resgate. Um pouco depois, ele esticou o braço e tocou em um dos assentos do trem, deixando ali uma marca de sangue. Caiu em si: morreria ali. Decidiu deixar uma mensagem para a esposa, Leslie, e os filhos. Naquele assento de trem, Phipps escreveu com o próprio sangue: “Eu amo meus filhos. Eu amo Leslie.”
O capitão dos bombeiros, Robert Rosario, foi o primeiro a encontrar Phipps e a descobrir a mensagem em sangue. “Já vi coisas horríveis em meu trabalho”, afirmou mais tarde, “mas aquilo me comoveu. Meu único pensamento naquele instante foi: Tenho que mostrar isso para a esposa e os filhos desse homem.”

John Phipps sobreviveu. Durante a entrevista coletiva dias depois, ele apareceu apoiando-se em muletas e se identificou como o autor da mensagem de amor. “Não sei por que fiz isso”, declarou à imprensa. “Não achei que minha família veria a mensagem.”

Há dois mil anos, outra Pessoa deixou uma mensagem escrita com Seu próprio sangue. Jesus de Nazaré foi pendurado numa cruz de madeira fora dos portões de Jerusalém. Ele havia deixado o lugar mais seguro do Universo, o Céu, para Se identificar com as vítimas do terrível acidente global e, por meio de Sua morte, oferecer-lhes a redenção, o perdão e a vida.

A mensagem de amor de Jesus escrita em sangue diz: “Eu amo você.” Ao lado dessa mensagem, Ele escreve o seu nome e o meu.
 Extraído de Meditações Diárias

2 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Amigo. É para mim uma honra estar no seu blog, poder ver e ler as belas palavras aqui contidas. Seu blog é uma benção, fiquei maravilhado, seu amor a Jesus nota-se nas palavras escritas, continue a ser esta grande benção, a deixar-se usar pelo grande Oleiro. Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo. Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog e deixar um comentário, e se desejar, mas só se quiser siga, de volta vou retribuir. Deus te abençõe ricamente.
António Batalha.

Marcos Antônio disse...

Grato, pelas palavras! Fico feliz por saber que algo que publico aqui, alcança os corações dos meus visitantes. Fique na Paz.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...